Cariri Destaques Policial

Negligência: Diretora do HRC recusou-se a receber mãe e filho queimados na tragédia de Assaré

 

Mãe e filho que foram queimados pelo próprio pai na noite de ontem na cidade de Assaré, Ceará, foram impedidos de receber os primeiros atendimentos por ordem da diretora geral do Hospital Regional do Cariri, Demostenia Rodrigues. Segundo informações, a diretora do HRC negou o atendimento pelo fato do hospital não ser referência em queimados e alegou falta de leitos. As vítimas tiveram que ser transferidas para o Hospital São Vicente de Paulo na cidade de Barbalha.

Profissionais da área de saúde informaram que mesmo não sendo referência o hospital teria obrigação em prestar ao menos os primeiros atendimentos e depois transferir se fosse o caso.

Além da mãe e do filho, a filha de 18 anos sofreu queimaduras de segundo grau e foi transferida para Fortaleza no helicóptero do CIOPAER para a Unidade de Queimados do Instituto Dr. José Frota.

A tentativa de homicídio foi cometida pelo próprio pai, o agricultor João Batista, que também está internado em estado grave.

Escreva seu comentário